Como vender no Mercado Livre e não ter problema com estoque e expedição

Lexos

-

18 de abril de 2024

Você sabe como vender no Mercado Livre? Hoje, o marketplace é uma das maiores plataformas de vendas online do Brasil, com uma média mensal de 286.463.263 visitas. 

Um dado interessante é que o país representa 54% da receita líquida da empresa, totalizando US$ 14,5 bilhões em 2023. Esse dado ressalta a importância do mercado brasileiro para a plataforma e evidencia as oportunidades de vendas disponíveis aos brasileiros.

Mas para aproveitar todo o potencial da plataforma, você precisa aprender a usá-la, assim como adotar boas práticas de vendas, tanto no que refere-se às transações comerciais quanto às configurações dos produtos e anúncios.

Então, se você não sabe ainda como começar a vender, ou se já tem uma conta e quer saber como vender mais no Mercado Livre, acompanhe este blog post que preparamos para você. 

Vamos abordar as principais dúvidas sobre cadastro de produtos, criação de anúncios, controle de vendas e como você pode otimizar toda sua operação online. Então, continue lendo e confira o passo a passo. 

Mercado Livre: vender na plataforma é mais fácil do que você imagina

Atualmente, o Mercado Livre está presente em Portugal e em 18 países da América Latina: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Em 2022, o volume de vendas ultrapassou US$ 34,4 bilhões, com a venda de 320,8 milhões de mercadorias. Já em 2023, gerou US$ 44,8 bilhões, com 325,3 milhões de itens.

A venda no Mercado Livre engloba tanto produtos novos, quanto produtos seminovos e usados, de diversos segmentos. Por isso, pode ser utilizado tanto em operações B2C, quanto em B2B e D2C.

Além disso, a plataforma comporta integração com hubs de marketplace e e-commerce, que permitem que os sellers tenham uma gestão muito mais precisa do seu negócio.

Então, se você está começando e quer saber como funciona a venda no Mercado Livre, elencamos alguns pontos importantes:

  • Não é necessário possuir um CNPJ para ser um vendedor, e é possível mudar a titularidade da conta posteriormente;
  • O cadastro de produtos é bastante simples e intuitivo e há uma forma de otimizar a criação de anúncios em massa;
  • A segurança nas transações de pagamento é garantida pelo Mercado Pago, podendo ser realizada tanto em cartão de crédito, boleto ou débito em conta corrente.

Se você está um pouco perdido e não sabe como começar a vender no Mercado Livre, saiba que é mais fácil do que você imagina!

Para responder a pergunta “Como faço para vender no Mercado Livre”, você deverá começar pela etapa do cadastro:

  • Acesse o site ou o aplicativo da plataforma;
  • Clique em “Crie sua Conta”;
Passo 1 da Etapa de Cadastro do Mercado Livre
  • Preencha com os dados necessários. Você pode se cadastrar tanto como pessoa física (CPF) ou como uma empresa - pessoa jurídica (CNPJ).
Passo 2 da Etapa de Cadastro do Mercado Livre

Como vender no Mercado Livre: Pessoa Física

Para se cadastrar como Pessoa Física, basta informar seu CPF no momento do cadastro, assim como seu nome, e-mail e telefone, além de uma senha segura. Depois, clique em “Continuar”.

Você também pode escolher criar uma conta de Pessoa Física mesmo tendo uma empresa. E caso já tenha uma conta antiga, e queira mudar para uma de Pessoa Jurídica, saiba que é possível alterar a titularidade da conta posteriormente e vice-versa.

Como vender no Mercado Livre: Pessoa Jurídica

Para se cadastrar como Pessoa Jurídica, você deve informar seu CNPJ, razão social e e-mail, e também criar uma senha. Após preencher todos os dados, clique em “Cadastrar”.

Ao se cadastrar como empresa, o Mercado Livre entra em contato por email para validar os dados comerciais e fazer o upload dos documentos e declarar mais algumas informações da empresa e do representante legal.

Taxa de venda Mercado Livre 

Para anunciar no Mercado Livre, saiba que não é necessário fazer o pagamento de uma taxa de inscrição ou cumprir com mensalidades para ter sua conta. No entanto, é preciso pagar uma tarifa de comissão em cima das vendas efetuadas, no caso dos anúncios elaborados com os planos Clássico e Premium.

Mas também existe a opção do anúncio Grátis, na qual não há cobrança para o vendedor. Por outro lado, o alcance é menor, e só é possível anunciar por 60 dias cada produto. Após isso, o anúncio é retirado do ar.

Veja as principais características de cada tipo de anúncio do Mercado Livre:

Tipos de anúncio no Mercado Livre Custo para anunciar Visibilidade nos resultados de busca duração Parcelamento sem juros Tarifa de venda Grátis grátis baixa 60 dias X grátis Clássico grátis alta ilimitada Xentre 10% e 14%, de acordo com a categoria do produto + R$ de custo fixo por unidade vendida em produtos abaixo de R$ 79 Premium grátis máxima ilimitada até 12x sem juros* Ebtre 15% e 19%, de acordo com a categoria do produto + R$ 6 de custo fixo por unidade vendida em produtos abaixo de R$ 79 *O número de parcelas sem juros do Premium dependerá do valor do produto ou do preço final de cada venda. Confira os detalhes.

Como dissemos, as taxas são cobradas sobre o tipo de anúncio.

No anúncio Clássico, é cobrada uma taxa entre 10% e 14%, em cima do valor da venda, de acordo com a categoria e para produtos que custam mais de R$ 79. 

Para produtos que custam menos de R$ 79, além da taxa da categoria, também é cobrado R$ 6 por unidade vendida. A vantagem é o aumento da exposição do anúncio, alcançando mais visitantes do site. 

Já no anúncio Premium, com uma exposição ainda maior, é cobrada uma taxa de 15% a 19% em cima do valor da venda, para produtos que custem mais de R$ 79. 

E para produtos que custam menos que R$ 79, além da taxa, também será cobrado um adicional de R$ 6 por unidade vendida.

Veja qual é a taxa de comissão de acordo com as categorias de produtos:

Taxa do Mercado Livre de acordo com o produto Categorias Botas Calças Celulares e Smartphones Luminárias de teto, solares e arandelas Notebooks Pneus Suplementos Televisores Tênis Tratamentos para cabelos Clássico + R$ 6 por unidade vendida em produtos abaixo de R$ 79 14% 14% 11% 11,5% 11% 11,5% 12% 11% 14% 13% Premium Você oferece parcelamento sem juros e tem mais visibilidade 19% 19% 16% 16,5% 16% 16,5% 17% 16% 19% 18%

Sabendo disso, fica mais fácil entender como calcular preço de venda no Mercado Livre, com o objetivo de maximizar o lucro

É importante lembrar que as tarifas não são cobradas em compras canceladas,  referente apenas aos produtos devolvidos.

Mercado Livre: como vender e anunciar produtos?

O próximo passo que vamos te mostrar responde uma das dúvidas mais comuns da plataforma: “Como faço para vender no Mercado Livre” e “Como anunciar no Mercado Livre?”. 

Então, vamos lá!

Como vender no Mercado Livre: passo a passo

Para cadastrar um produto, saiba que é possível fazê-lo no momento da criação de um anúncio ou com a ajuda de um hub de marketplace, que consegue transferir uma grade completa dos anúncios de outras plataformas, como dele próprio também, para o Mercado Livre.

Primeiro, vamos te mostrar como cadastrar e anunciar produtos diretamente pelo marketplace. Siga o passo a passo:

  • Entre em sua conta do site ou aplicativo do Mercado Livre e clique no botão “Vendas”, no menu superior;
  • Em seguida, clique em Anúncios e escolha entre produtos, veículos, imóveis ou serviços;
Passo 1 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Crie um título para o anúncio, com as informações do produto ou serviço;
Passo 2 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Clique em “Confirmar”;
  • Selecione a categoria do seu produto; 
  • Escolha o tipo de anúncio no catálogo ou na lista geral (na lista geral, você deverá colocar os detalhes do produto manualmente);
Passo 3 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Feito isso, coloque mais detalhes do seu produto, além de fotos;
  • Preencha a ficha técnica;
Passo 4 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Informe o preço do seu produto;
Passo 5 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Escolha o tipo de anúncio (Grátis, Clássico ou Premium), prestando atenção nas taxas que descrevemos mais acima;
Passo 6 da Etapa de anunciar no Mercado Livre
  • Escolha a forma de envio;
  • Adicione mais informações na descrição do anúncio, se desejar;
  • Caso seja necessário revisar ou alterar alguma informação, selecione “Revisar anúncio”;
  • Pronto!

Como fazer para vender no Mercado Livre com vários anúncios?

Se você deseja saber como vender produtos no Mercado Livre em grande quantidade, ou seja, anunciar mais de um produto, basta acessar sua lista de anúncios e selecionar a opção 'Anunciar em massa'. 

Passo 1 da Etapa de Como fazer para vender no Mercado Livre com vários anúncios

Selecione as categorias que quer anunciar e baixe sua planilha do Excel com os produtos. Antes de enviar, lembre-se de verificar se todas as informações estão preenchidas corretamente.

Em seguida, você deve clicar em “Vendas” e depois em “Ir para Anunciador em massa”. Agora, deve fazer o upload da sua planilha. Para isso, vá até a aba “Ajuda” e clique no link “Enviar a planilha Excel”. Depois, vá até a sua lista de anúncios, clique em “Anunciar” e “Ir para Anunciador em massa”. 

Caso você tenha cadastro em outras marketplaces, ou em e-commerces, pode utilizar o Lexos Hub, que é uma ferramenta para a importação automática de anúncios.

O que mais vende no Mercado Livre?

Se sua dúvida é como vender mais no Mercado Livre, é importante acompanhar as tendências do Mercado Livre.

É sabido que os consumidores digitais têm acesso a diferentes marcas e ofertas. Então, se você deseja vender mais deverá adotar estratégias que ofereçam um preço competitivo e praticidade (tanto no momento da compra quanto na rapidez da entrega), além de variedade.

Também é necessário garantir uma experiência positiva de compra, e estar sempre disponível para esclarecer dúvidas rapidamente. 

Quanto aos produtos, é importante atentar-se aos mais buscados, sempre em vista do momento em que a sociedade está vivendo.

Por exemplo, após a pandemia, houve um aumento na procura de itens como computadores, acessórios de informática e itens do mundo fitness

Enfim, o Mercado Livre conta com uma aba de mais vendidos do momento. Então, a dica é ficar de olho nos produtos que mais estão tendo saída e ver como adaptar isso ao seu negócio.

Estas são as categorias de produtos mais vendidas em 2023:

  • Eletrodomésticos;
  • Itens de cuidado pessoal;
  • Itens de informática e jogos;
  • Eletrônicos e acessórios;
  • Suplementos alimentares;
  • Moda feminina;
  • Esporte e fitness;
  • Peças para automóveis;
  • Acessórios para celular;
  • Relógios;
  • Lembrancinhas para festas;
  • Casa e decoração.

Como vender bem no Mercado Livre? 

Para vender bem no Mercado Livre, é necessário levar em conta alguns pontos:

Escolha o segmento e os produtos que pretende comercializar com precisão

Para que isso aconteça, é necessário entender quais são as tendências do mercado e saber o que as pessoas vêm procurando.

Como já dissemos acima, a própria plataforma conta com uma aba de mais vendidos, onde você pode ter acesso às principais buscas realizadas no marketplace.

Além disso, é necessário entender o hábito dos consumidores e o momento em que o mundo está vivendo, para fazer apostas certeiras em produtos e bombar suas vendas.

Tenha um anúncio bem estruturado

Ter um anúncio bem estruturado não quer dizer somente investir em anúncios pagos. 

É claro que esse investimento irá aumentar seu alcance e visibilidade, mas, para isso, é preciso também criar bons títulos - baseados nos produtos mais procurados e vendidos, investir em boas fotos e em uma descrição detalhada e completa.  

Invista seus esforços para obter uma boa reputação

Não tenha dúvidas de que uma boa reputação significa mais vendas e, consequentemente, mais lucro.

Para isso, é necessário oferecer ao cliente uma boa experiência de compra, tanto antes da venda, quanto durante e no pós-venda.

Essa reputação é calculada levando em consideração as vendas nos últimos dias, observando aspectos como reclamações, tempo de envio do produto e cancelamentos, explicados melhor no site do Mercado Livre.

A reputação começa a ser calculada a partir das 10 primeiras vendas. Depois, o período utilizado para o cálculo é definido de acordo com a quantidade de vendas dos últimos 60 dias:

  • Se dentro de 60 dias, sua loja tiver realizado mais de 60 vendas, então a reputação considera apenas este período;
  • Contudo, se em 60 dias sua empresa tiver realizado menos de 60 vendas, a plataforma considera sua reputação dos últimos 365 dias.

Para entender essa reputação, é utilizado um termômetro que varia da cor vermelha até a cor verde.

A cor vermelha apresenta um risco aos compradores, enquanto a cor verde representa, justamente, um “sinal verde” para o usuário prosseguir com a compra, demonstrando que aquele vendedor tem experiência e oferece um bom serviço.

Veja o que é necessário para ter uma boa reputação:

  • Ter menos de 2% de reclamações sobre o total das vendas;
  • Ter menos de 1,5% do total de vendas canceladas com devolução de dinheiro, dentre outros;
  • Não exceder 10% de entregas atrasadas.

Veja mais regras de vendas no Mercado Livre aqui.

Bônus: como ser MercadoLíder?

Também é possível receber o selo de MercadoLíder, a categoria mais alta das reputações, divida em:

  • MercadoLíder;
  • MercadoLíder Gold;
  • MercadoLíder Platinum.

Com isso, seus anúncios terão mais prioridade e visibilidade e você conseguirá oferecer frete grátis pelo Mercado Envios com desconto. Também são oferecidas reuniões de capacitação pela plataforma, além do vendedor poder contar com um atendimento personalizado pelo chat. 

Para chegar ao selo do MercadoLíder, é necessário bater algumas metas e atender algumas regras: 

  • Estar cadastrado há, pelo menos, 4 meses no Mercado Livre; 
  • Enviar documento de identidade e dados para o cadastro e comprovação fiscal; 
  • Estar com o termômetro e vendas na cor verde-escuro; 
  • Ter menos de 1% de reclamações sobre o total das vendas;
  • Ter menos de 0,5% de reclamações mediadas pelo Mercado Livre;
  • Ter menos de 0,5% do total de vendas canceladas;
  • Ter menos de 6% de entregas com atraso.

Como vender no Mercado Livre sem estoque?

Também é possível vender na plataforma sem a necessidade de contar com um estoque. 

Algumas alternativas, neste caso, são a venda de infoprodutos, como cursos e e-books, ou o que é conhecido como dropshipping, em que o anunciante não mantém os produtos em estoque, mas faz a parte da oferta e comercialização de produtos que estão no estoque do fornecedor.

Outra forma é utilizar um hub de marketplace, como o Lexos Hub, que consegue acessar o estoque das outras lojas do vendedor para realizar as vendas. Com ele, é possível transferir ou somar estoques, além de escolher o CNPJ para o faturamento.

Também é possível realizar vendas sem estoque, ou seja, com produtos sob encomenda. Essa prática é bastante comum em empresas D2C, que comercializam produtos de grande porte, de alto ticket ou que não têm tanta saída quanto os demais.

Como vender no Mercado Livre: frete 

Em uma venda no Mercado Livre, é possível disponibilizar tanto o frete a combinar, em que o cliente escolhe a forma de envio e calcula o valor do frete para o endereço desejado, quanto o frete grátis.

No frete grátis, existem algumas alternativas:

  • Na venda de produtos novos a partir de R$ 79, e oferecendo o frete grátis, o anunciante tem um desconto parcial ou total nos custos de acordo com a sua reputação e do produto;
  • Na venda de produtos abaixo de R$ 79, os custos do envio ficam 100% por conta do vendedor;
  • Quando a venda de vários produtos juntos somam R$ 79, o comprador tem frete grátis custeado pelo Mercado Livre, com exceção de vendas no Mercado Shop e produtos armazenados em locais distintos que abrangem o Mercado Envios.

Além de oferecer o frete grátis, o vendedor pode disponibilizar entrega pelos Correios (a combinar) ou pelo Mercado Envios, que é um sistema de gestão de fretes do próprio marketplace:

  • Mercado Envios Flex: possibilita que o vendedor escolha a modalidade de entrega (carro, moto, bicicleta ou até mesmo a pé), o acompanhamento em tempo real da entrega, pelo vendedor e comprador, e ofereça prazos de entrega de 24 horas.
  • Mercado Envios Full: é uma solução logística que dá total suporte aos vendedores, responsabilizando o Mercado Livre pelo envio dos produtos, com frete grátis e entregas em 24 horas em determinados produtos.

Como calcular preço de venda no Mercado Livre? Lexos Hub Analytics torna isso possível

A concorrência no Mercado Livre pode ser alta, e não é difícil encontrar outros vendedores que vendem os mesmos produtos que o seu. 

Aliás, diante desse cenário, é muito comum, ao observar um anúncio do segmento com um valor mais atrativo, bater aquela dúvida a respeito do lucro que o concorrente estava tendo pelo produto ofertado.

Mas, e se te contarmos que existe uma ferramenta capaz de entregar essa informação e muitas outras?

O Lexos Hub Analytics funciona como uma espécie de raio-x do anúncio, trazendo informações como quantidade de vendas, conversão, taxa de visita, qualidade do anúncio, lucro do vendedor no produto ofertado, entre outros detalhes. 

É possível seguir um anúncio próprio e o de um concorrente para comparar o desempenho de ambos.

Com isso, você consegue fazer uma análise de mercado, monitorar a concorrência, negociar melhores preços com os fornecedores, precificar os produtos de forma estratégica, sabendo se é possível competir com aquele vendedor na plataforma e claro, ter mais lucro!

Aliás, essa também é uma excelente ferramenta se você deseja saber como começar a vender no Mercado Livre

Uma vez escolhido o nicho de atuação, de acordo com as dicas dadas acima a respeito das tendências de mercado, é possível verificar se os concorrentes estão fazendo boas vendas e tendo bons lucros.

Outro diferencial é que o sistema registra todo o histórico de alterações dos seus anúncios e dos concorrentes, para que você consiga comparar as estratégias.

Como funcionam as vendas no Mercado Livre?

Realizadas as vendas, muitos vendedores têm dúvidas a respeito do recebimento do dinheiro, assim como a realização do estorno e do cancelamento de compras.

Para ter certeza que as vendas estão realmente sendo concluídas, e evitar golpes, é possível verificar o status de cada uma delas na página de “Vendas” do Mercado Livre. 

Também é possível consultar o status das atividades da conta no Mercado Pago. Clique no menu de três pontos que fica à direita do produto e clique em “Ver detalhe”. Se a compra foi efetivada, deverá constar como “Aprovado”.

O marketplace também notifica os vendedores por e-mail com os detalhes da venda, com o endereço “@mercadolivre.com” ou “@mercadopago.com”. Lembre-se que o Mercado Livre nunca solicita informações de vendedores, compradores ou vendas pelo telefone.

Como funciona o pagamento pelo Mercado Livre? 

O pagamento das vendas varia de acordo com o método escolhido pelo cliente, além do tipo de entrega (pelo Mercado Envios ou por conta do vendedor).

Os consumidores podem escolher entre pagamento com cartão de crédito, boleto bancário ou saldo disponível na sua conta Mercado Pago, sendo que este é oferecido automaticamente para todos e sem custo.

O pagamento de compras realizadas pelo Mercado Pago é creditado automaticamente na conta do Mercado Pago do vendedor. Caso contrário, é necessário informar uma conta bancária.

Para utilizar ou transferir o dinheiro, é necessário esperar o prazo de liquidação, que varia de acordo com a reputação do vendedor e o prazo de entrega do pedido.

Prazo de pagamento de vendas com Mercado Envios Venda do Mercado Livre Reputação Com reputação Sem reputação O produto é Novo Usado Novo Usado Dinheiro disponível em 8 dias 12 dias 12 dias 12 dias Vendas do Mercado Shops Reputação com reputação Sem reputação O produto é Novo Usado Novo Usado Dinheiro disponível em 2 dias 6 dias 6 dias 6 dias
Prazo de pagamento de vendas com envio por conta do vendedor Se você é MercadoLíder Aviso de entrega do produto Se você informar que entregou o produto e o comprador confirmar que receberu Se você informar que entregou o produto e o comprador não confirmar que recebeu Se você não informar que entregou o produto dinheiro disponível em Imediatamente 11 dias 28 dias Se você não é MercadoLíder Aviso de entrega do produto Se você informar que entregou o produto e o comprador confirmar que recebeu Se você informar que entregou o produto e o comprador não confirmar que recebeu Se você não informar que entregou o produto Dinheiro disponível em 5 dias 28 dias 28 dias

Se você realizou a venda de um veículo, o pagamento só é feito após 2 dias da confirmação do comprador de que está em sua posse.

Como cancelar uma venda no Mercado Livre?

Para cancelar uma venda, por qualquer motivo que seja, é muito simples. Basta selecionar “Cancelar venda” nos detalhes da venda, no Mercado Livre.

Contudo, esta operação deve ser realizada com o consentimento do comprador, para não gerar desentendimentos e uma experiência de compra frustrante na sua loja.

Após cancelar a compra, é necessário estornar o dinheiro para o vendedor pelo Mercado Pago. Clique na opção “Atividade” e selecione o pedido referente ao cancelamento, procurando pelo nome do comprador ou pela data. Depois de encontrá-lo, clique em “Devolver dinheiro” e insira o valor.

Esse procedimento também pode ser realizado em devoluções parciais da compra, quando apenas um item é devolvido (ou trocado por outro de valor menor) ao vendedor.

Quando a compra é realizada pelo Mercado Pago, o dinheiro é creditado automaticamente na conta do comprador. Em compras realizadas por cartão de crédito, o estorno aparecerá na fatura do cliente. Já em compras efetuadas com boleto bancário, o comprador deverá informar uma conta bancária.

Lembre-se de atualizar seu estoque corretamente e de fornecer informações precisas nos anúncios. As vendas canceladas podem afetar negativamente sua reputação.

As exceções são quando:

  • Ocorre um problema com a transportadora ou Correios;
  • Existe um inconveniente que não está relacionado ao comprador;
  • O comprador compra como “convidado” pelo Mercado Shops.

Para controlar seu estoque com precisão, você deve atualizá-lo constantemente, e em tempo real, em todas as suas plataformas de vendas, para evitar qualquer erro em suas vendas.

Uma dica é utilizar o hub de marketplace, como o Lexos Hub, para te ajudar a otimizar a gestão dos seus estoques, reduzindo qualquer falha que possa acontecer com ele ou com o fulfillment.

Como vender muito no Mercado Livre: conte com um hub integrador de marketplace

Agora que você já sabe como funciona para vender no Mercado Livre, já pensou na possibilidade de contar com um hub integrador e gerenciar suas vendas e anúncios em um só lugar? 

Com o Lexos Hub, você consegue controlar múltiplos estoques, verificar pendências nos pedidos, importar grades completas de anúncios e fazer análises profundas sobre seu negócio.

Você também consegue saber quais são as ofertas e preços dos seus concorrentes, melhorar sua performance e otimizar seu tempo, já que ele fica responsável por toda parte manual do negócio. Já imaginou você com expedição automatizada?

Dessa forma, é possível gerenciar mais de um negócio de forma mais organizada e segura.

O Lexos Hub é excelente por 5 motivos: 1- Você gerencia todos os seus produtos e pedidos em um único lugar, e pode vender nos maiores marketplaces do mercado sem precisar atualizar o estoque em lugares diferentes; 2- Publica seus anúncios em massa, ou seja, aquele anúncio que está bombando no Mercado Livre pode fazer sucesso também em outros e-commerces; 3- Pode emitir suas notas fiscais automaticamente com as etiquetas de envio; 4- Pode fazer expedição automatizada das suas encomendas, e reduzir o tempo de expedição em até 5 vezes; 5- Você descobre quais são os produtos campeões de venda, monitora os concorrentes e, assim, pode melhorara performance de seus anúncios.