15 de março de 2022

Como vender no Mercado Livre?

O Mercado Livre já é uma das maiores plataformas de vendas online do Brasil, porém muitas pessoas ainda tem dúvida de como vender no mercado livre.

Se você é uma dessas pessoas, continue lendo e confira o passo a passo. 

O Mercado Livre já é uma das maiores plataformas de vendas online do Brasil, porém muitas pessoas ainda tem dúvida de como vender no mercado livre.

Se você é uma dessas pessoas, continue lendo e confira o passo a passo. 


Mercado Livre: vender na plataforma é mais fácil do que você imagina
O Mercado Livre está presente em 12 países da América Latina e em Portugal, sendo que em 2020 a empresa faturou 178,5 milhões em itens do seu marketplace, segundo dados divulgados pela companhia. 

A venda no Mercado Livre engloba tanto produtos novos, quanto produtos seminovos e usados, de diversos segmentos. 

Se você está começando, e quer saber como funciona a venda no Mercado Livre, elencamos alguns pontos importantes:

Não é necessário possuir um CNPJ para ser um vendedor;

O cadastro de produtos é bastante simples e intuitivo;

A segurança nas transações de pagamento é garantida pelo MercadoPago, podendo ser realizada tanto em cartão de crédito, boleto ou débito em conta corrente.

Se você está um pouco perdido (a), e não sabe como começar a vender no Mercado Livre, saiba que é mais fácil do que você imagina!

Para responder a pergunta “como faço para vender no mercado livre”, você deverá começar pela etapa do cadastro:

Acesse o site ou o aplicativo da plataforma;
Clique em “Crie sua Conta”;
Preencha com os dados necessários. Você pode se cadastrar tanto como pessoa física (CPF) ou como uma empresa - pessoa jurídica (CNPJ).
Taxa de venda mercado livre 
Para anunciar no Mercado Livre, saiba que não existe nenhuma taxa ou mensalidade cobrada, apenas a comissão em cima das vendas efetuadas, em casos de anúncio Clássico e Premium.

Há a opção do anúncio Grátis, em que não há cobrança para o vendedor, porém o alcance do será menor, e só é possível anunciar por 60 dias cada produto. Após isso, o anúncio é retirado do ar.

As taxas serão cobradas em cima de anúncios classificados como "Clássico" e “Premium”, caso o vendedor opte por esse tipo de anúncio, a fim de dar mais visibilidade aos produtos ofertados e garantir que ele rode por tempo ilimitado.

No primeiro caso - Clássico, será cobrada uma taxa de 11% em cima do valor da venda (para produtos que custem mais de R$120). 

Para produtos que custem menos que R$120, além da taxa de 11%, também é cobrado 
R$5 por unidade vendida. A vantagem é o aumento da exposição do anúncio, alcançando mais visitantes do site. 

Já no anúncio Premium, com uma exposição ainda maior, é cobrada uma taxa de 16% em cima do valor da venda (para produtos que custem mais de R$120). 

Para produtos que custem menos que R$120, além da taxa de 16%, também será cobrado
R$5 por unidade vendida.

Sabendo disso, fica mais fácil entender como calcular preço de venda no Mercado Livre, visando o lucro. 

Mercado Livre: como vender e anunciar produtos
O próximo passo é responder uma das dúvidas mais comuns da plataforma: “Como faço para vender no Mercado Livre” e “Como anunciar no Mercado Livre?”. Vamos lá!
Como vender no Mercado Livre: passo a passo
Anunciar produtos na plataforma é tão simples quanto a parte do cadastro:

Entre em sua conta e clique no botão “Vender”, no menu superior.

Escolha entre produtos, veículos, imóveis e até mesmo serviços, de acordo com o que deseja vender;

Crie um título para o anúncio, com as informações do produto ou serviço;

Clique em “Continuar”;

Selecione a categoria do seu produto; 

Escolha o tipo de anúncio no catálogo ou na lista geral (na lista geral você deverá colocar os detalhes do produto manualmente);

Feito isso, coloque mais detalhes do seu produto, além de fotos;

Preencha a ficha técnica;

Informe o preço do seu produto;

Escolha o tipo de anúncio: Grátis, Clássico ou Premium, prestando atenção nas taxas que descrevemos mais acima;

Escolha a forma de envio;

Adicione uma descrição do produto em seu anúncio;

Chegamos à etapa final. Caso seja necessário revisar ou alterar alguma informação, selecione “Revisar anúncio”;

Se você desejar saber como vender produtos no Mercado Livre, ou seja, anunciar mais de um produto, também é possível. Entre na lista de anúncios e clique em “Anunciar em massa”. Selecione as categorias que quer anunciar e baixe sua planilha do Excel com os produtos.

O que mais vende no Mercado Livre?
Se sua dúvida é como vender mais no Mercado Livre, é importante acompanhar as tendências do Mercado Livre.

É sabido que os consumidores digitais têm acesso a diferentes marcas e ofertas, então se você deseja vender mais terá que pensar em estratégias de oferecer um preço competitivo, praticidade (tanto no momento da compra quanto na rapidez da entrega), além de variedade.

Também é necessário garantir uma experiência positiva de compra, estando sempre à disposição para tirar dúvidas o mais rápido possível. 

Quanto aos produtos, é necessário estar atento aos mais buscados, sempre em vista do momento em que a sociedade está vivendo.

Com a chegada da pandemia, por exemplo, houve um aumento na procura de itens como computadores, acessórios de informática e itens do mundo fitness, uma vez que as academias estavam fechadas e foi necessário se readaptar ao momento. 

O Mercado Livre conta com uma aba de mais vendidos, então a dica é ficar de olho nos produtos que mais estão tendo saída e ver como adaptar isso ao seu negócio.
Como vender bem no mercado livre? 
Para vender bem no Mercado Livre, é necessário levar em conta alguns pontos:
Escolha de maneira certeira o segmento e os produtos a serem comercializados
Para que isso aconteça, é necessário entender quais são as tendências do mercado e saber o que as pessoas vêm procurando.

Como já dissemos acima, a própria plataforma conta com uma aba de mais vendidos, onde você pode ter acesso às principais buscas realizadas no marketplace.

Além disso, é necessário entender o hábito dos consumidores e o momento em que o mundo está vivendo, para fazer apostas certeiras em produtos e bombar suas vendas.
Tenha um anúncio bem estruturado
Ter um anúncio bem estruturado não quer dizer somente investir em anúncios pagos. 

É claro que esse investimento irá aumentar seu alcance e visibilidade, para é preciso também criar bons títulos - baseados nos produtos mais procurados e vendidos, investir em boas fotos e em uma descrição detalhada e completa.  

Invista seus esforços para obter uma boa reputação
Não tenha dúvidas que uma boa reputação significa mais vendas e, consequentemente, mais lucro.

Para isso, é necessário oferecer ao cliente uma boa experiência de compra, tanto antes da venda, quanto durante e no pós-venda.

Essa reputação é calculada levando em consideração as vendas nos últimos 60 dias, mais os dias do mês em curso, observando aspectos como reclamações, tempo de envio do produto e cancelamentos, explicados melhor no site da plataforma.

Caso o vendedor ainda não tenha alcançado 60 vendas, será analisado o histórico de venda nos últimos 365 dias.

É importante lembrar, também, que a reputação começa a ser calculada a partir de 10 vendas.

Para entender essa reputação, é utilizado um termômetro, da cor vermelha até a cor verde.

A cor vermelha apresenta um risco aos compradores, enquanto a cor verde representa, justamente, um “sinal verde” para o usuário prosseguir com a compra, demonstrando que aquele vendedor tem experiência e oferece um bom serviço.

Porém, não é só isso. Também é possível receber o selo de MercadoLíder, a categoria mais alta das reputações, dívida em MercadoLíder, MercadoLíder Gold e MercadoLíder Platinum.

Com isso, seus anúncios terão mais prioridade e visibilidade, você conseguirá oferecer frete grátis pelo Mercado Envios com desconto, serão oferecidas reuniões de capacitação pela plataforma, além do vendedor contar com um atendimento personalizado pelo chat. 

Para chegar ao selo do MercadoLíder, é necessário bater algumas metas e se enquadrar em algumas regras: estar cadastrado há, pelo menos, quatro meses no Mercado Livre; Enviar documento de identidade e dados para o cadastro e comprovação fiscal; Estar com o termômetro e vendas na cor verde-escuro; Ter menos de 1% de reclamações sobre o total das vendas e ter menos de 2% do total de vendas canceladas com devolução de dinheiro, dentre outros.

Para acessar a lista completa, confira o site da plataforma. 
Como vender no mercado livre sem estoque?
Sim, também é possível vender na plataforma sem a necessidade de contar com um estoque. 

Algumas das alternativas, nesse caso, é a venda de infoprodutos, como cursos e e-books, ou o que é conhecido como dropshipping, em que o anunciante não mantém os produtos em estoque, mas faz a parte da oferta e comercialização de produtos que estão no estoque do fornecedor.
Como vender no Mercado Livre: frete 
Em uma venda no Mercado Livre é possível disponibilizar tanto o frete a combinar, em que o cliente escolhe a forma de envio e calcula o valor do frete para o endereço desejado, tanto oferecer o frete grátis.

No frete grátis, existem algumas alternativas:

Na venda de produtos novos a partir de R$ 79, e oferecendo o frete grátis, o anunciante tem um desconto nos custos de acordo com a sua reputação;

Na venda de produtos abaixo de R$ 79, os custos ficam 100% por conta do vendedor;

Quando a venda de vários produtos juntos somarem R$ 79, o comprador terá frete grátis por conta do Mercado Livre.

Como calcular preço de venda no Mercado Livre: com o Seller Analytics é possível
A concorrência no Mercado Livre pode ser alta, e não é difícil encontrar outros vendedores que vendem os mesmos produtos que o seu. 

Aliás, diante desse cenário, é muito comum, ao observar um anúncio do segmento com um valor mais atrativo, bater aquela dúvida a respeito do lucro que o concorrente estava tendo pelo produto ofertado.

Mas e se te contarmos que já existe uma ferramenta capaz de entregar essa informação e muito mais?

O Seller Analytics funciona como uma espécie de raio-x do anúncio, trazendo informações como quantidade de vendas, conversão, taxa de visita, qualidade do anúncio, lucro do vendedor no produto ofertado, dentre outros. 

Com isso, você consegue fazer uma análise de mercado, monitorar os concorrentes, negociar melhores preços com os fornecedores, precificar os produtos de forma estratégica, sabendo se é possível competir com aquele vendedor na plataforma e claro, ter mais lucro!

Aliás, essa também é uma excelente ferramenta se você deseja saber como começar a vender no Mercado Livre. Uma vez escolhido o nicho de atuação, de acordo com as dicas dadas acima a respeito das tendências de mercado, é possível verificar se os concorrentes estão fazendo boas vendas e tendo bons lucros, antes de investir no seu negócio. 

Para utilizar, siga o passo a passo:

Baixe a extensão do Seller Analytics gratuitamente;
Entre no site do Mercado Livre;
Escolha um anúncio a ser analisado;
Pronto! As informações já estão em mãos!
Como funcionam as vendas no Mercado Livre?
Realizada as vendas, muitos vendedores têm a dúvida a respeito do recebimento do dinheiro.

A verdade é que o pagamento vai variar de acordo com o método escolhido pelo cliente, além do tipo de entrega (pelo Mercado Envios ou por conta do vendedor).

Em casos em que a entrega é feita por conta do vendedor, o dinheiro da venda poderá ser recebido 11 dias após o cliente receber o produto, ou até mesmo antes, em casos em que ele recebe o produto com antecedência.

Em entregas realizadas pelo Mercado Envios, o dinheiro pode ser retirado dois dias após a entrega ser confirmada.

O pagamento aos vendedores é realizado pelo Mercado Pago, sendo necessário informar uma conta bancária.

O vendedor deve solicitar a transferência do valor para essa conta bancária, sendo cobrada uma taxa fixa de R$ 3 por transação.
Como vender muito no Mercado Livre: conte com um hub integrador
Agora que você já sabe como fazer para vender no Mercado Livre, já pensou na possibilidade de contar com um hub integrador e gerenciar suas vendas e anúncios em um só lugar? 

Com o Lexos Hub isso é possível! Aliás, você também consegue saber quais são as ofertas e preços dos seus concorrentes, melhorar sua performance e otimizar seu tempo, já que ele fica responsável por toda parte manual do negócio. Já imaginou você com expedição automatizada?

Também é possível gerenciar mais de um negócio, então se você anuncia em outros marketplaces pode ficar tranquilo, fará o gerenciamento de todos os marketplaces na plataforma Lexos Hub.

Ficou interessado (a)? Clique aqui e acesse por 7 dias grátis e descubra que vender muito no Mercado Livre e outros marketplaces não será um problema para a sua operação interna.

Mercado Livre: vender na plataforma é mais fácil do que você imagina

O Mercado Livre está presente em 12 países da América Latina e em Portugal, sendo que em 2020 a empresa faturou 178,5 milhões em itens do seu marketplace, segundo dados divulgados pela companhia. 

A venda no Mercado Livre engloba tanto produtos novos, quanto produtos seminovos e usados, de diversos segmentos. 

Se você está começando, e quer saber como funciona a venda no Mercado Livre, elencamos alguns pontos importantes:

  • Não é necessário possuir um CNPJ para ser um vendedor;
  • O cadastro de produtos é bastante simples e intuitivo;
  • A segurança nas transações de pagamento é garantida pelo MercadoPago, podendo ser realizada tanto em cartão de crédito, boleto ou débito em conta corrente.

Se você está um pouco perdido (a), e não sabe como começar a vender no Mercado Livre, saiba que é mais fácil do que você imagina!

Para responder a pergunta “como faço para vender no mercado livre”, você deverá começar pela etapa do cadastro:

  • Acesse o site ou o aplicativo da plataforma;
  • Clique em “Crie sua Conta”;
  • Preencha com os dados necessários. Você pode se cadastrar tanto como pessoa física (CPF) ou como uma empresa - pessoa jurídica (CNPJ).

Taxa de venda mercado livre 

Para anunciar no Mercado Livre, saiba que não existe nenhuma taxa ou mensalidade cobrada, apenas a comissão em cima das vendas efetuadas, em casos de anúncio Clássico e Premium.

Há a opção do anúncio Grátis, em que não há cobrança para o vendedor, porém o alcance do será menor, e só é possível anunciar por 60 dias cada produto. Após isso, o anúncio é retirado do ar.

As taxas serão cobradas em cima de anúncios classificados como "Clássico" e “Premium”, caso o vendedor opte por esse tipo de anúncio, a fim de dar mais visibilidade aos produtos ofertados e garantir que ele rode por tempo ilimitado.

No primeiro caso - Clássico, será cobrada uma taxa de 11% em cima do valor da venda (para produtos que custem mais de R$120). 

Para produtos que custem menos que R$120, além da taxa de 11%, também é cobrado 

R$5 por unidade vendida. A vantagem é o aumento da exposição do anúncio, alcançando mais visitantes do site. 

Já no anúncio Premium, com uma exposição ainda maior, é cobrada uma taxa de 16% em cima do valor da venda (para produtos que custem mais de R$120). 

Para produtos que custem menos que R$120, além da taxa de 16%, também será cobrado

R$5 por unidade vendida.

Sabendo disso, fica mais fácil entender como calcular preço de venda no Mercado Livre, visando o lucro. 

Mercado Livre: como vender e anunciar produtos

O próximo passo é responder uma das dúvidas mais comuns da plataforma: “Como faço para vender no Mercado Livre” e “Como anunciar no Mercado Livre?”. Vamos lá!

Como vender no Mercado Livre: passo a passo

Anunciar produtos na plataforma é tão simples quanto a parte do cadastro:

  • Entre em sua conta e clique no botão “Vender”, no menu superior.
  • Escolha entre produtos, veículos, imóveis e até mesmo serviços, de acordo com o que deseja vender;
  • Crie um título para o anúncio, com as informações do produto ou serviço;
  • Clique em “Continuar”;
  • Selecione a categoria do seu produto; 
  • Escolha o tipo de anúncio no catálogo ou na lista geral (na lista geral você deverá colocar os detalhes do produto manualmente);
  • Feito isso, coloque mais detalhes do seu produto, além de fotos;
  • Preencha a ficha técnica;
  • Informe o preço do seu produto;
  • Escolha o tipo de anúncio: Grátis, Clássico ou Premium, prestando atenção nas taxas que descrevemos mais acima;
  • Escolha a forma de envio;
  • Adicione uma descrição do produto em seu anúncio;
  • Chegamos à etapa final. Caso seja necessário revisar ou alterar alguma informação, selecione “Revisar anúncio”;
  • Se você desejar saber como vender produtos no Mercado Livre, ou seja, anunciar mais de um produto, também é possível. Entre na lista de anúncios e clique em “Anunciar em massa”. Selecione as categorias que quer anunciar e baixe sua planilha do Excel com os produtos.

O que mais vende no Mercado Livre?

Se sua dúvida é como vender mais no Mercado Livre, é importante acompanhar as tendências do Mercado Livre.

É sabido que os consumidores digitais têm acesso a diferentes marcas e ofertas, então se você deseja vender mais terá que pensar em estratégias de oferecer um preço competitivo, praticidade (tanto no momento da compra quanto na rapidez da entrega), além de variedade.

Também é necessário garantir uma experiência positiva de compra, estando sempre à disposição para tirar dúvidas o mais rápido possível. 

Quanto aos produtos, é necessário estar atento aos mais buscados, sempre em vista do momento em que a sociedade está vivendo.

Com a chegada da pandemia, por exemplo, houve um aumento na procura de itens como computadores, acessórios de informática e itens do mundo fitness, uma vez que as academias estavam fechadas e foi necessário se readaptar ao momento. 

O Mercado Livre conta com uma aba de mais vendidos, então a dica é ficar de olho nos produtos que mais estão tendo saída e ver como adaptar isso ao seu negócio.

Como vender bem no mercado livre? 

Para vender bem no Mercado Livre, é necessário levar em conta alguns pontos:

Escolha de maneira certeira o segmento e os produtos a serem comercializados

Para que isso aconteça, é necessário entender quais são as tendências do mercado e saber o que as pessoas vêm procurando.

Como já dissemos acima, a própria plataforma conta com uma aba de mais vendidos, onde você pode ter acesso às principais buscas realizadas no marketplace.

Além disso, é necessário entender o hábito dos consumidores e o momento em que o mundo está vivendo, para fazer apostas certeiras em produtos e bombar suas vendas.

Tenha um anúncio bem estruturado

Ter um anúncio bem estruturado não quer dizer somente investir em anúncios pagos. 

É claro que esse investimento irá aumentar seu alcance e visibilidade, para é preciso também criar bons títulos - baseados nos produtos mais procurados e vendidos, investir em boas fotos e em uma descrição detalhada e completa.  

Invista seus esforços para obter uma boa reputação

Não tenha dúvidas que uma boa reputação significa mais vendas e, consequentemente, mais lucro.

Para isso, é necessário oferecer ao cliente uma boa experiência de compra, tanto antes da venda, quanto durante e no pós-venda.

Essa reputação é calculada levando em consideração as vendas nos últimos 60 dias, mais os dias do mês em curso, observando aspectos como reclamações, tempo de envio do produto e cancelamentos, explicados melhor no site da plataforma.

Caso o vendedor ainda não tenha alcançado 60 vendas, será analisado o histórico de venda nos últimos 365 dias.

É importante lembrar, também, que a reputação começa a ser calculada a partir de 10 vendas.

Para entender essa reputação, é utilizado um termômetro, da cor vermelha até a cor verde.

A cor vermelha apresenta um risco aos compradores, enquanto a cor verde representa, justamente, um “sinal verde” para o usuário prosseguir com a compra, demonstrando que aquele vendedor tem experiência e oferece um bom serviço.

Porém, não é só isso. Também é possível receber o selo de MercadoLíder, a categoria mais alta das reputações, dívida em MercadoLíder, MercadoLíder Gold e MercadoLíder Platinum.

Com isso, seus anúncios terão mais prioridade e visibilidade, você conseguirá oferecer frete grátis pelo Mercado Envios com desconto, serão oferecidas reuniões de capacitação pela plataforma, além do vendedor contar com um atendimento personalizado pelo chat. 

Para chegar ao selo do MercadoLíder, é necessário bater algumas metas e se enquadrar em algumas regras: estar cadastrado há, pelo menos, quatro meses no Mercado Livre; Enviar documento de identidade e dados para o cadastro e comprovação fiscal; Estar com o termômetro e vendas na cor verde-escuro; Ter menos de 1% de reclamações sobre o total das vendas e ter menos de 2% do total de vendas canceladas com devolução de dinheiro, dentre outros.

Para acessar a lista completa, confira o site da plataforma

Como vender no mercado livre sem estoque?

Sim, também é possível vender na plataforma sem a necessidade de contar com um estoque. 

Algumas das alternativas, nesse caso, é a venda de infoprodutos, como cursos e e-books, ou o que é conhecido como dropshipping, em que o anunciante não mantém os produtos em estoque, mas faz a parte da oferta e comercialização de produtos que estão no estoque do fornecedor.

Como vender no Mercado Livre: frete 

Em uma venda no Mercado Livre é possível disponibilizar tanto o frete a combinar, em que o cliente escolhe a forma de envio e calcula o valor do frete para o endereço desejado, tanto oferecer o frete grátis.

No frete grátis, existem algumas alternativas:

  • Na venda de produtos novos a partir de R$ 79, e oferecendo o frete grátis, o anunciante tem um desconto nos custos de acordo com a sua reputação;
  • Na venda de produtos abaixo de R$ 79, os custos ficam 100% por conta do vendedor;
  • Quando a venda de vários produtos juntos somarem R$ 79, o comprador terá frete grátis por conta do Mercado Livre.

Como calcular preço de venda no Mercado Livre: com o Seller Analytics é possível

A concorrência no Mercado Livre pode ser alta, e não é difícil encontrar outros vendedores que vendem os mesmos produtos que o seu. 

Aliás, diante desse cenário, é muito comum, ao observar um anúncio do segmento com um valor mais atrativo, bater aquela dúvida a respeito do lucro que o concorrente estava tendo pelo produto ofertado.

Mas e se te contarmos que já existe uma ferramenta capaz de entregar essa informação e muito mais?

O Seller Analytics funciona como uma espécie de raio-x do anúncio, trazendo informações como quantidade de vendas, conversão, taxa de visita, qualidade do anúncio, lucro do vendedor no produto ofertado, dentre outros. 

Com isso, você consegue fazer uma análise de mercado, monitorar os concorrentes, negociar melhores preços com os fornecedores, precificar os produtos de forma estratégica, sabendo se é possível competir com aquele vendedor na plataforma e claro, ter mais lucro!

Aliás, essa também é uma excelente ferramenta se você deseja saber como começar a vender no Mercado Livre. Uma vez escolhido o nicho de atuação, de acordo com as dicas dadas acima a respeito das tendências de mercado, é possível verificar se os concorrentes estão fazendo boas vendas e tendo bons lucros, antes de investir no seu negócio. 

Para utilizar, siga o passo a passo:

  • Baixe a extensão do Seller Analytics gratuitamente;
  • Entre no site do Mercado Livre;
  • Escolha um anúncio a ser analisado;
  • Pronto! As informações já estão em mãos!

Como funcionam as vendas no Mercado Livre?

Realizada as vendas, muitos vendedores têm a dúvida a respeito do recebimento do dinheiro.

A verdade é que o pagamento vai variar de acordo com o método escolhido pelo cliente, além do tipo de entrega (pelo Mercado Envios ou por conta do vendedor).

Em casos em que a entrega é feita por conta do vendedor, o dinheiro da venda poderá ser recebido 11 dias após o cliente receber o produto, ou até mesmo antes, em casos em que ele recebe o produto com antecedência.

Em entregas realizadas pelo Mercado Envios, o dinheiro pode ser retirado dois dias após a entrega ser confirmada.

O pagamento aos vendedores é realizado pelo Mercado Pago, sendo necessário informar uma conta bancária.

O vendedor deve solicitar a transferência do valor para essa conta bancária, sendo cobrada uma taxa fixa de R$ 3 por transação.

Como vender muito no Mercado Livre: conte com um hub integrador

Agora que você já sabe como fazer para vender no Mercado Livre, já pensou na possibilidade de contar com um hub integrador e gerenciar suas vendas e anúncios em um só lugar? 

Com o Lexos Hub isso é possível! Aliás, você também consegue saber quais são as ofertas e preços dos seus concorrentes, melhorar sua performance e otimizar seu tempo, já que ele fica responsável por toda parte manual do negócio. Já imaginou você com expedição automatizada?

Também é possível gerenciar mais de um negócio, então se você anuncia em outros marketplaces pode ficar tranquilo, fará o gerenciamento de todos os marketplaces na plataforma Lexos Hub.

Ficou interessado (a)? Clique aqui e acesse por 7 dias grátis e descubra que vender muito no Mercado Livre e outros marketplaces não será um problema para a sua operação interna.