19 de abril de 2022

5 tendências da próxima geração de e-commerces de sucesso

Você sabe qual é o segredo para estar sempre dentro das últimas gerações de e-commerce? É entender que elas já nasceram, cresceram e estão conquistando o mundo. E se engana quem pensa que precisa ter uma multinacional para fazer parte desse movimento. A verdade é que mesmo os pequenos negócios online já podem aumentar seus lucros e fazer parte da próxima geração de e-commerces de sucesso. 

Não é segredo para ninguém que os mercados da China e dos Estados Unidos concentram a maior parte das projeções para o futuro das vendas online. E não é à toa: na China, o e-commerce já superou o varejo físico, enquanto nos EUA, a Amazon fatura cerca de U$9,7 bilhões com ads no marketplace. É por isso mesmo que uma excelente dica é ficar sempre de olho no que tem acontecido por lá e buscar não apenas refletir, mas adaptar esses movimentos para a realidade da América Latina

Para lhe ajudar, separamos 5 das maiores tendências que fazem parte da nova geração de sucesso no e-commerce. Confira:

1. Social Commerce

A descrição de Social Commerce faz jus ao que essa ferramenta oferece. Ela nada mais é do que uma forma de se comunicar e realizar vendas através de mídias sociais. E tudo está valendo: ativações com digital influencers, conteúdo pago e orgânico, ações e posts criativos. O Instagram, por exemplo, é responsável por cerca de 87% das vendas em redes sociais.
O que mais chama atenção nessa alternativa, é justamente a facilidade com que vendedores dos mais diversos portes conseguem atingir o público. Enquanto antigamente era necessário fazer enormes investimentos em publicidade para se destacar, hoje em dia podemos conquistar um perfil muito mais segmentado de consumidores através de um simples perfil online.

Técnicas como responder rapidamente, conversar com o público através de posts interativos, trazer fotos mais genuínas e reais e claro, fazer um bom uso de Ads, pode ser o pontapé que a sua marca precisa para ir ainda mais longe. 

Preparar-se para aumentar suas vendas online na Black Friday, por exemplo, é uma maneira de garantir que sua loja terá ainda mais legitimidade nas plataformas. Se você precisa de ajuda com isso, a otimização de marketplaces pode ser um enorme auxílio. Dê uma olhada no nosso blog e aprenda mais sobre esse tema

2. Festivais de compras

Todo mundo adora ter um bom motivo para comprar. E se esse motivo incluir promoções bem trajadas como festivais de forma temática e promissora, é melhor ainda. A Shopee sabe muito bem disso. Na plataforma, sempre é tempo de celebrar alguma coisa. Seja no feriado de Páscoa, de fim de ano ou comemorando a mudança das estações, a Shopee busca sempre trazer condições especiais. O destaque vai para os festivais mensais que celebram datas “gêmeas”. 1 de janeiro, 2 de fevereiro, 3 de março, e por aí vai. 

Mas a verdade é que você pode fazer o calendário funcionar a seu favor. Disponibilizar ofertas temáticas é uma boa forma de despertar a sensação de urgência no seu cliente e entrar no clima das festas! 

3. Ads em marketplaces.

Já se foi o tempo em que os Ads se limitavam ao Instagram e Facebook. Uma tendência que está vindo com tudo para o Brasil e que deve ser um ponto de atenção para os vendedores online é o uso de ads em marketplaces.

Imagine que um site como o MercadoLivre dedicasse uma parte do seu conhecimento de hábitos de consumo de usuários para alavancar um anúncio seu. É exatamente essa a proposta dessa tendência.

Basicamente, ao impulsionar um anúncio em marketplace, você destaca seu produto e traz mais competitividade ao seu perfil. Dependendo da pesquisa do usuário, por exemplo, você poderá ser um dos primeiros ou aparecer até mesmo como sugestão. 

Mas lembrando que ter uma boa média de avaliações é essencial para que seus ads tenham ainda mais assertividade, certo? 

O mais interessante é que através dessa prática, você atinge um público que está praticamente concretizando o processo de compra. Esse consumidor já escolheu o que quer comprar, e só depende de você mostrar o melhor modelo e garantir que a sua loja esteja lá, assim que a busca acontecer. 

4. Mercados de segunda mão

Não poderíamos deixar de citar, é claro, os mercados de segunda mão. Com o pensamento cíclico em alta, empresas como a Enjoei têm ganhado espaço com peças que vão de R$10,00 até R$1000,00, para todos os gostos e bolsos. Se engana quem pensa que os brechós estão ultrapassados. Marcas de grande porte como Magazine Luiza e o Mercado Livre já se adaptaram ao estilo, oferecendo produtos usados em suas plataformas.

5. Livestreaming

Os tempos pandêmicos foram o degrau que faltava para que o formato livestreaming atingisse seu auge. Mas mesmo com o fim da quarentena, essa tendência continua fazendo sucesso. Algumas marcas já perceberam o quão prática é essa estratégia, e criaram eventos com shows musicais, apresentações e todo o tipo de entretenimento combinado com promoções exclusivas para quem está curtindo ao vivo. 

E como ficar em dia com o futuro do e-commerce?

Curtiu as dicas? Então pode se animar, porque ainda tem muita coisa nova para chegar e abalar o mundo do e-commerce. Aqui na Lexos, acreditamos que prever tendências e ter respostas rápidas às mudanças do público são formas de se manter sempre no topo das vendas. É por isso que oferecemos funcionalidades especiais para que nossos clientes possam ir além e aumentar seus lucros online. Se você quer saber como isso funciona na prática, confira nosso teste gratuito de 7 dias